Espaço de 70 metros quadrados, a Galeria de Arte da Fundação Ecarta dará atenção especial à arte e aos artistas contemporâneos do Rio Grande do Sul. Conta com um conselho de curadoria.
EXPOSIÇÃO OLHARES CRUZADOS SOBRE A CIDADE
A visitação ocorreu até 31 de agosto de 2005

Icleia Borsa Cattani

Guaritas, mostradas em projeções com intervenção da artista, e em fotografias intercaladas com objetos. Mapas antigos e atuais de um local da cidade sobrepostos, imagens presentes em fotos e vídeos, percurso no entorno da ECARTA.

Elementos que constituem, respectivamente, os trabalhos de Elaine Tedesco e Maria Ivone dos Santos. As artistas propõem, obras que fazem parte de um processo reflexivo em andamento.
NOTA PÚBLICA
Repúdio à sanção
do Governo para
extinção das
fundações estaduais

Nome: 
E-mail: 
 
 

Maria Ivone repensa o trecho da cidade onde se situa a Fundação ECARTA, do Parque Farroupilha à Rua João Alfredo. O título da obra, Vendo o entorno, enfatiza a importância de olharmos o que nos rodeia e nos conscientizarmos do que vemos. Documentos antigos mostram-nos o pântano que cobria a atual área do parque e o arroio Dilúvio, passando pela rua mencionada. Desvelar aspectos da história urbana é ressignificar nosso lugar presente. É aumentar nossa consciência de que uma cidade carrega em si sua história, abrindo perspectivas de participação, aqui e agora.

Guaritas é a obra de Elaine. Fotografadas ao longo de vários anos, em caminhadas que partem da proposição de que o atelier da artista é a rua, essas construções ocupam irregularmente o espaço público e evidenciam uma série de contrastes. A partir das diferenças de classes sociais entre os moradores de uma rua e aqueles que zelam por sua segurança, a artista percebeu e tenta transmitir em sua obra, as tensões entre proteção e ameaça, solidez e precariedade, aconchego e desconforto. Ao lado das fotografias, Elaine coloca objetos feitos de ferro e cobertores, que materializam essas tensões.

Essa mostra, desenvolvida como tal especialmente para o espaço da ECARTA, visa evidenciar a riqueza dos cruzamentos de olhares que propõem, através das obras, novas reflexões sobre a cidade, que possam provocar outras formas de participação.

Icleia Borsa Cattani. Doutora em História da Arte Contemporânea pela Universidade de Paris I - Sorbonne. Pesquisadora, crítica de arte e curadora. Professora do Instituto de Artes da UFRGS. Autora dos livros Espaços do corpo, Porto Alegre: PPGAVI e EDUFRGS, 1995, (co-autoria) e Icleia Cattani, org. Agnaldo Farias (Col. Pensamento Crítico, v.3) Rio de Janeiro: Funarte, 2004.


Fundação Cultural e Assistencial ECARTA
Av. João Pessoa, 943 - Porto Alegre - RS - Brasil - Fone: 51-4009.2970
© Copyright 2005 - 2011 Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)