Galeria de Arte
Convivência Eterna
Intervenção

A intervenção artística Convivência Eterna, da artista Adauany Zimovsky (foto) na fachada do prédio da Fundação suscita o debate sobre as polêmicas da pichação. O debate de inauguração da intervenção, realizado no dia 5 de abril, abordou a caligrafia urbana, as suas origens e referências, assim como tratou do tema dentro do contexto atual da arte. O evento contou com a participação da artista e professora do Instituto de Artes da UFRGS, Maria Lúcia Cattani; do artista e empresário Eduardo Guspe e da artista Adauany Zimovski. A mediação foi do jornalista Leo Felipe. “A ideia da intervenção foi apropriar-se de um ícone da linguagem urbana contemporânea brasileira, o pixo, revestindo a fachada da Ecarta de maneira a criar uma estampa de frases e palavras”, conta Adauany. Segundo a artista, o pichador usa o espaço urbano para deixar sua marca, muitas vezes compreendida apenas por seus pares. Diferente das assinaturas e tags dos pichadores, no entanto, a intervenção de Adauany propõe uma outra visão, transformando o indesejado da paisagem urbana em veículo de poesia ao utilizar palavras retiradas de um trecho do livro Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire. O projeto contou com a colaboração de Renan Leandro e Gerson Marques.
NOTA PÚBLICA
Repúdio à sanção
do Governo para
extinção das
fundações estaduais

Nome: 
E-mail: 
 
 


Fotos

Confira as fotos da fachada Ecarta
Fotos: Igor Sperotto


Confira as fotos do Debate
Fotos: Igor Sperotto

 Apoio:
  Província  
Gráfica e Editora Relâmpago
Sinpro/RS - Sindicato dos Professores do RS
Fundação Cultural e Assistencial ECARTA
Av. João Pessoa, 943 - Porto Alegre - RS - Brasil - Fone: 51-4009.2970
© Copyright 2005 - 2011 Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)