Projeto Cultura Doadora
Mitos e Lendas
Desinformaes e preconceitos esto entre as principais causas da falta de uma cultura doadora em nossa sociedade. Vamos mudar esta realidade. Veja abaixo alguns destes mitos e lendas que vo na contramo do gesto que pode salva vidas.
NOTA PÚBLICA
Repúdio à sanção
do Governo para
extinção das
fundações estaduais

Nome: 
E-mail: 
 
 


Algum pode roubar seus rgos para transplante?
 
impossvel. Para realizar a retirada de rgo e realizar o transplante so necessrios cuidados especiais com o doador, o receptor e, principalmente, com os rgos retirados para o aproveitamento dos mesmos. O roubo de órgãos é uma "lenda urbana", histria que vai sendo recontada como se fosse verdadeira. Qualquer pessoa, para ser doadora viva, precisa passar por exames. Para seu rgo ser efetivamente aproveitado, ele deve ser retirado em condies seguras e de higiene e ser compatvel com o receptor.

 
H possibilidade do mdico descobrir que o paciente doador de rgos e no salvar a sua vida?
No verdade. O mdico que atende o paciente na UTI, no o mesmo que faz o diagnstico de morte enceflica, nem a retirada de rgos e transplante. Se o paciente for admitido no hospital, a prioridade n 1 salvar a sua vida. A doao de rgos somente ser considerada depois de constatada a morte e aps o consentimento familiar
 

Doar sangue engorda?
Doar sangue no engorda, no emagrece, no afina o sangue nem o engrossa. No vicia e no tem risco de se contrair qualquer infeco
 

Posso ser contaminado ao doar sangue?
O material utilizado na coleta do sangue descartvel e individual, sem nenhuma possibilidade de transmitir doenas.
 

Somente pessoas jovens podem ser doadoras?
No. A idade no fator limitante para a doao de rgos. Uma pessoa acima de 70 anos, por exemplo, pode doar rins, fgado e crneas. Aps a famlia autorizar a doao, alguns exames so realizados para verificar a viabilidade de cada rgo ser doado.
 

Aps a doao dos rgos o corpo fica deformado?
No. A retirada dos rgos realizada por profissionais altamente capacitados e, como em qualquer outra cirurgia, a regio do corpo onde foi feito o procedimento coberta por curativo e o doador poder ser velado e sepultado sem nenhum problema

 
Fundação Cultural e Assistencial ECARTA
Av. João Pessoa, 943 - Porto Alegre - RS - Brasil - Fone: 51-4009.2970
© Copyright 2005 - 2011 Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)